domingo, abril 05, 2009
1

Bimby: o robot que pôs os homens a cozinhar
Já se venderam mais de 2 milhões de Bimby em todo o mundo
Foto: Marta Maia

Bimby: o robot que pôs os homens a cozinhar

Marcadores:  , 

Mexeu com o mundo da cozinha ao permitir preparar pratos saudáveis num tempo mais reduzido. Mas a verdadeira revolução foi outra: a Bimby levou os homens para a cozinha.

A Bimby não tem alcançado a fama somente junto das mulheres. Os homens têm-se rendido aos encantos deste robot de cozinha. Enquanto que as mulheres, mais habituadas à cozinha, se limitam aos pratos rápidos, eles gostam de preparar pratos elaborados. Ficam tão entusiasmados com as potencialidades de uma Bimby, que se tornam verdadeiros chefes na arte de cozinhar. O JPN foi saber como.

André Frazão, de 41 anos, foi um dos homens que se rendeu à "mini-cozinha, apesar de achar o preço "escandalosamente elevado" (cada Bimby custa mais de 900 euros). Hoje em dia, o consultor informático já usa a Bimby para confeccionar um leque diversificado de cozinhados. O "menu" inclui "massas, doces, molhos, sopas, recheios, guisados e alimentos ao vapor".

Já Gonçalo Maggessi, 29 anos, destaca a versatilidade da Bimby, porque "faz aquilo que muitas vezes nós precisamos de dois ou três aparelhos de cozinha para fazer". Gonçalo considera que a maioria das pessoas duvida que a Bimby consiga fazer pratos "tão bem ou melhor que a maneira tradicional". Destaca a importância da demonstração na hora de comprar uma Bimby (ver caixa). Só dessa forma é possível acabar com "o cepticismo das pessoas", defende.

O que é a Bimby?

É o sonho de qualquer dona (ou dono) de casa. A Bimby reúne num só aparelho dez funções: pica, rala, bate, amassa, tritura, pesa, mói, cozinha a vapor, emulsiona, e lava-se sozinha. Cozinha de uma forma saudável a temperaturas que não excedem os 100ºC.Este aparelho é de tecnologia alemã, desenvolvido pela Vorwerk. Vem acompanhado por livros de receitas especiais, que ensinam a utilizar o aparelho. A Bimby é comercializada por venda directa, através de uma demonstração personalizada que dura uma hora.

A presença cada vez mais forte da Bimby nas cozinhas de hóteis e restaurantes parece dar razão a Gonçalo. Para quem ainda duvida, basta dar um salto até à casa de Miguel Marujo. "Já confeccionei (eu que me limitava ao bife e ovo estrelado), um creme de cogumelos ou um bacalhau espiritual ou um vulcão de chocolate". Os livros de receitas da Bimby são também uma grande ajuda para quem não está habituado a cozinhar. "Follow the book, é meio caminho andado para o sucesso", diz o jornalista.

O site A Bimby Faz - espécie de manual de culinária com muitas das receitas que a máquina permite fazer - é da autoria de um homem. Este consultor informático, que preferiu não revelar o nome, mostra-se entusiasta quando à utilização do robot de cozinha.. "O único problema da Bimby é o facto de não ser vendida em lojas. Se existisse nos hipermercados o seu preço acabaria por baixar", considera.

Para lá das receitas, Gonçalo Simões considera que a maior vantagem da Bimby é o facto de eliminar "uma série de aparelhos/utensílios" na cozinha. Na casa deste comercial de 35 anos, a utilização de tachos e panelas foi reduzida "para cerca de 5%".

Também a Vorwerk, empresa que produz a Bimby, é elogiada pelos clientes. "A marca tem um óptimo serviço ao cliente e todas as pessoas que tiveram reclamações viram os seus problemas resolvidos", afirma Gonçalo Simões.


Link da entrevista

1 comentários: